Assistente Técnico Pericial: Como se destacar neste mercado?

 

A visualização na web pode tornar o Assistente Técnico Pericial altamente requisitado. Numa época em que o marketing pessoal se tornou a ‘bola da vez’, cada profissional precisa se posicionar da melhor maneira para conquistar o seu público.

Nesse post falaremos sobre a importância das redes sociais na divulgação do trabalho do assistente técnico.

Mas iremos além disso.

Embora o mercado de trabalho seja enorme,

Mostraremos como a elaboração de um contrato com advogados e empresas pode tornar ainda mais sólido o marketing pessoal do Assistente Técnico Pericial.

À medida que ler o post abaixo, você compreenderá de maneira mais aprofundada os seguintes pontos principais:

  • Qual é o objetivo do marketing pessoal?
  • O que é marketing pessoal?
  • O planejamento do marketing pessoal de um Assistente Técnico Pericial
  • Compondo a missão, os valores e a sua visão profissional
  • Definindo suas fragilidades e como lidar com elas
  • Que posição um Assistente Técnico Pericial deve adotar?
  • Como oferecer e promover seus serviços?
  • Como lidar com a precificação?

Após ler com cuidado nossas dicas e aplicá-las no seu marketing pessoal como Assistente Técnico Pericial, temos certeza de que bons resultados serão alcançados.

Em primeiro lugar, vamos entender porque é tão bem recomendada a prática do marketing pessoal no meio virtual.

Porque se preocupar em fazer marketing pessoal?

Existe uma infinidade de razões para que você invista no seu marketing pessoal como Assistente Técnico Pericial. Algumas delas são:

  • Alcançar uma quantidade maior de clientes
  • Atingir de forma mais impactante um número bem qualificado de clientes
  • Dar passos mais sólidos no início do seu negócio como assistente de perícias judiciais
  • A possibilidade trabalhar ganhando mais em outro tipo de emprego
  • Alcançar o objetivo de trabalhar na empresa dos seus sonho
  • Conseguir uma promoção no seu emprego atual
  • Fortalecer seu networking
  • Ampliar com mais intensidade o relacionamento profissional com novos contatos
  • Fazer novas conexões de trabalho com empreendedores diferentes
  • Estabelecer-se como autoridade no nicho de mercado em que você trabalha

Portanto, ao decidir estruturar seu marketing pessoal como Assistente Técnico Pericial, você só tem a crescer em sentido profissional. Isso lhe ajudará a ganhar mais destaca no ramo de assistente pericial.

Qual o resultado devemos esperar do marketing pessoal?

De forma geral, o marketing permite que você consiga atingir o seu público através de ações bem direcionadas.

Muitos ainda pensam que o marketing beneficia apenas serviços e produtos. Mas isso está fora da realidade atual.

Diversas figuras públicas e profissionais renomados precisam do marketing pessoal para se tornar mais conhecidos.

A o assistente técnico pericial não é diferente.

Depois de um tempo, cada pessoa que se empenha em propagar aquilo que sabe fazer se torna conhecida e respeitada.

Assim, podemos afirmar que marketing pessoal não envolve necessariamente construir uma marca ou imagem pessoal.

Envolve, sim, propagar suas habilidades já consolidadas para o público.

Ou seja, marketing pessoal é para quem já possui e quer fortalecer ainda mais a sua autoridade de mercado.

Por outro lado, mesmo quem está dando os primeiros passos na sua carreira pode fazer uso desse tipo de marketing.

Por exemplo, se você vai trabalhar em determinada região como Assistente Técnico Pericial, pode-se pensar em formas de propagar o seu trabalho.

Se fizer isso, será mais fácil de conseguir compor com sucesso uma carteira de clientes que lhe traga a agenda de trabalho que você sempre sonhou em ter!

Como estruturar o marketing pessoal de um Assistente Técnico Pericial?

Em primeiro lugar, antes de pensar no planejamento da sua estratégia de marketing pessoal, é preciso ter em mente algo muito importante. Todo profissional precisa deixar bem claro para o público quem ele é.

Mas isso nem sempre é uma tarefa tão simples assim.

Como se pode definir quem somos do ponto de vista profissional?

Pode-se usar algumas perguntas para reflexão pessoal. Algumas delas são:

  • Como as pessoas me conhecem?
  • As pessoas que trabalham comigo esperam o que de mim?
  • É comum meus clientes dizerem o que a meu respeito?

Esses questionamentos são importantes para que você capte elementos essenciais para a base da sua estratégia de marketing pessoal como Assistente Técnico Pericial.

Especificamente dentro do campo da perícia, pessoas empresas costumam contratar profissionais que mostram as seguintes características:

  • Foco
  • Atenção
  • Concentração
  • Imparcialidade
  • Raciocínio lógico
  • Argumentação sólida

Com uma análise assertiva de suas habilidades, experiência e objetivos profissionais, já se pode começar a pensar em definir os seguintes elementos da sua estratégia de marketing pessoal:

  • Missão;
  • Valores;
  • Visão; e

A partir de agora vamos entender como definir esses aspectos do desenvolvimento do seu marketing pessoal.

A missão, os valores e a visão profissional de um Assistente Técnico Pericial

 

Sempre é bom destacar que um assistente técnico precisa transmitir a todo momento uma sensação de segurança e de controle da situação.

Analisar eventos, fatos e acontecimentos de maneira fria e calculista serve a um só objetivo: auxiliar o perito judicial para preparar laudos precisos à Justiça.

Seja no cenário estadual ou nacional, o Assistente Técnico Pericial precisa definitivamente estabelecer e defender sua missão, seus valores e e sua visão profissional.

Mas como fazer isso?

Defina o seu conjunto de valores

Um Assistente Técnico Pericial precisa ‘carregar’ em sua ética valores que aumentem o respeito de outros pela sua atuação.

Quais são os aspectos mais essenciais que precisam estar presentes nos valores desse tipo de profissional?

  • Tratamento digno ao contratante e sua causa
  • Alto grau de responsabilidade nas análises prestadas
  • Equilíbrio emocional diante de situações tensas
  • Compromisso com a verdade
  • Alto nível de ética nos relacionamentos
  • Verdadeiro respeito pelo cliente e pelo contrato que foi assinado
  • Atitudes seguras que transmitam confiança ao contratante
  • Modos inovadores, e ao mesmo tempo, eficientes, de agir
Como definir a sua missão?

Uma missão profissional tem mais a ver com o propósito da realização de sua atividade profissional.

Muitas vezes podem ocorrer de esta missão se confundir com os objetivos pessoais do fundador de uma marca.

Isso é absolutamente normal e deve ser encarado com naturalidade.

A missão de um profissional deve estar relacionada diretamente com os seguintes pontos:

  • Porque você exerce a atividade de Assistente Técnico Pericial?
  • O que exatamente você faz?
  • Para que tipo de pessoas o seu negócio ou serviço é oferecido?

Com base nas respostas a estas perguntas é possível determinar a missão que você, seu negócio ou o serviço que presta defende.

A partir daí pode-se pensar um pouco mais no próximo elemento da sua estratégia de marketing pessoal.

Qual é a visão de um Assistente Técnico Judicial?

Acima de tudo, as qualidades de um profissional são determinantes para definir quem ele é e ele como executa o que faz dele um profissional.

Assim, é bom incluir na visão de seu negócio quais são as suas expectativa para os próximos anos de sua vida.

Pode-se destacar aqui o que você ou o seu negócio esperam, o que seria bom não existir mais daqui certo tempo e como você pretende se adaptar a estas mudanças no cenário.

Para isso, pode-se pensar profundamente na resposta a algumas destas perguntas:

  • As pessoas com quem eu trabalho dizem que eu tenho que tipo de qualidades?
  • Que meta profissional eu tenho para daqui uns 5 ou 6 anos?
  • O que nunca se esperaria que eu fizesse?
  • Em que qualidades profissionais eu preciso me focar mais para empoderar mais minha atuação?

Essas perguntas mexem com nossos sentimentos, metas e convicções pessoais.

Mas precisam ser definidas antes de tomarmos qualquer decisão maior em relação às nossas profissões.

Todo Assistente Técnico Pericial precisa ter bem em mente a necessidade de fazer ajustes em sua visão a cada ano que passa.

Assim, ele aumenta as chances de alcançar melhores oportunidades de trabalho quando órgãos públicos ou empresas privadas o contratam.

É hora de definir os seus pontos frágeis!

Pode parecer bem fácil determinar quem somos, porque estamos aqui e para onde vamos em sentido profissional.

Mas não é fácil.

Qual seria uma das razões por detrás disso?

Quando reconhecemos nossos pontos frágeis, podemos trabalhar em cima de melhorias a fim de atender melhor o nosso público.

O que isso tem a ver com a área técnica de perícias do Judiciário? Tudo!

É isso mesmo: tem tudo a ver! Porque?

Para cumprir um contrato com advogados e empresas, é preciso transpirar proatividade.

Ou seja, você ou o seu negócio precisam ter uma definição bem precisa de visão, valores e missão.

Se isto não estiver bem claro, quem vai lhe contratar como Assistente Técnico Judicial com certa medida de segurança?

Provavelmente ninguém.

Por outro lado, ao definir como apresentar ao público sua missão, visão e conjunto de valores, será bem mais fácil entender onde você quer chegar.

Que posição um Assistente Técnico Pericial deve adotar?

 

 

Outro aspecto importante na hora de definir (ou aprimorar) sua estratégia de marketing pessoal é o seu posicionamento profissional.

Isso tem muito a ver com a maneira como o público o verá no mercado de trabalho.

Independente de como você será contratado, seja por órgãos públicos ou por empresas privadas, cuidado para não transmitir fraqueza administrativa.

É conhecido de muitas pessoas que a pressão exercida por um Assistente Técnico Pericial não é nada fácil.

Porém, com bom planejamento é possível evitar a procrastinação, a ansiedade exagerada e a falta de produtividade.

Assim, para ter mais sucesso quando começar a auxiliar o perito na preparação de laudos judiciais, o assistente precisa ver seus defeitos de maneira clara e sincera.

Depois disso, pode-se perguntar para os peritos judiciais com quem trabalha como ele poderia se aprimorar como assistente.

É possível que, depois de uma atitude como essa, você encontre várias áreas onde precisa melhorar.

Nem sempre isso é fácil, pois o sentimento pode ser o de que somos muito limitados.

Não se entregue a pensamentos tão contraproducentes como esse.

Apenas identifique as suas falhas para trabalhar em melhorias.

Não se concentre tanto nos erros a ponto de deixar de se concentrar no seu trabalho.

Defina suas fragilidades e lide com elas de maneira animada. Assim você vai se destacar mais como Assistente Técnico Pericial.

Como vou oferecer e promover meus serviços?

Reconheça a importância das redes sociais na divulgação do trabalho do assistente técnico. Elas são uma das melhores formas de propagar seus serviços online.

Por exemplo, se tiver uma conta no Instagram ou no Facebook, você poderá postar conteúdos com certa frequência.

Quando alguém procurar por um Assistente Técnico Pericial usando os buscadores dessas e de outras redes sociais, será mais fácil lhe encontrar e contratar.

Assim, quando pensar em oferecer serviços como Assistente Técnico Pericial, não abra mão das redes sociais. Faça publicações de conteúdo relevante com certa frequência.

Com o tempo, é natural se tornar conhecido no ramo. A partir daí muitos convites e orçamentos poderão chegar até você.

Como precificar o meu trabalho?

Esse é um dos maiores questionamentos da área de Perícia Judicial.

Por não saberem como montar um checklist de precificação claro e objetivo, muitos acabam com poucos clientes na sua agenda de trabalho.

O que eu deveria levar em conta ao precificar meus serviços como Assistente Técnico Pericial? Vamos ver alguns pontos interessantes:

  • Quanto mais experiência você tem, mais as pessoas estarão dispostas a lhe pagar. Isso significa que nos primeiros anos trabalhando como assistente de um perito judicial, você nem deveria esperar ganhar rios de dinheiro. Portanto, lembre-se de que no início talvez será preciso contentar-se com projetos mais baratos. Porém , o crescimento do seu portfólio lhe dará confiança para oferecer seus serviços com valores maiores no futuro.

 

  • Use de bom senso e valorize o seu trabalho. Na hora da precificação do seu serviço, use de bom senso para negociar. Também procure valorizar o seu trabalho de acordo com o que ele oferece. Alguns profissionais acabam enviando propostas bem ‘salgadas’ pensando que serão contratados com facilidade. Mas isso não ocorre. Assim, seja realista no que pode cobrar e mantenha-se na média dos valores de mercado. Faça isso pelo menos até ser mais conhecido como Assistente Técnico Pericial.

Em resumo, o marketing pessoal serve para que você ofereça ao público seus serviços com mais intensidade e impacto.

Todo Assistente Técnico Pericial precisa planejar a forma de fazer marketing em sua região. Faça isso levando em conta sua missão, seus valores e sua visão profissional.

Lembre-se também de modestamente entender quais são suas maiores fragilidades e trabalhe em cima de melhorias.

Não ultrapasse a ‘linha demarcatória’ de auxílio ao perito judicial a não ser que tenha sido autorizado.

Reconheça a importância das redes sociais na divulgação do trabalho do assistente técnico pericial e use-as da melhor forma possível.

Por fim, faça isso adotando técnicas de precificação atrativas e usando de bom senso.

Se fizer isso, você conseguirá se destacar como Assistente Técnico Pericial num universo profissional que tem espaço para os mais diversos perfis de trabalhadores!

Gostou do nosso conteúdo, agora descubra aqui como podemos te ajudar a alcançar resultar extraordinários na atividade da assistência técnica pericial.