A Perícia na Engenharia

O perito em engenharia é aquele que tem o conhecimento, habilidade e experiência para emitir os laudos, contribuindo, assim, para que os casos sejam resolvidos.

A responsabilidade do perito em engenharia é substancial, uma vez que pode ter relação direta com a segurança das pessoas e do meio ambiente.

A área de atuação dos engenheiros na Perícia é bastante ampla e tem um leque considerável de inserção no mercado de trabalho.

Áreas da Perícia em Engenharia

As áreas de atuação basicamente podem ser divididas em duas: a privada e a pública.

No setor privado, o engenheiro gera laudos que auxiliam na solução de problemas em processo de arbitragem.

No setor público, principalmente na área judicial, o perito em engenharia servirá ao juiz para que este tome suas decisões.

Mercado

Para atuar como perito, o engenheiro precisa ter um conhecimento multidisciplinar não somente na área de engenharia, mas também precisa conhecer a área judicial, mercado imobiliário, logística, meio ambiente e etc.

– Engenharia Civil

Exemplos são as empreiteiras e construtoras que fazem obras de diversas áreas, vistoria de imóveis, exames e avaliações de bens e instalações industriais.

As benfeitorias necessária, útil e voluptuária também são exercícios do engenheiro civil na perícia, além de vistorias de imóveis, processos de desapropriação partilha de bens, enriquecimento sem causa e etc.

– Engenharia Agronômica

As perícias sobre solos, avaliações de imóveis rurais, desapropriação de terras, danos à cultura e demarcação de terra, áreas de plantação, maquinários e produção podem ser os nichos explorados.

Além dessas áreas um segmento muito explorado em perícias é a de danos em áreas de preservação e de áreas remanescentes.

-Engenharia Elétrica

Os exemplos são as instalações de estruturas, centrais hidrelétricas e usinas, avaliação de dano a equipamentos causados por interrupção de fornecimento de energia.

Ainda nesta área, temos os exemplos de avaliações e pareceres na área de computadores e informática, sistema robótico e de telecomunicações.

-Engenharia Aeronáutica

Avaliações e pareceres de projetos de aeronáutica e atividades de manutenção periódica em asas, motores e fuselagem são de responsabilidades do engenheiro aeronáutico.

Além da área industrial, o perito pode atuar na construção de aeroportos, planejamento de linhas e o gerenciamento de tráfego aéreo.

– Engenharia de Computação

É a área que desenvolve laudos e pareceres sobre a elaboração e manutenção de softwares e hardwares para a solução de problemas e conflitos. Os crimes cybernéticos podem ter o auxílio da perícia do engenheiro de computação.

– Engenharia da Segurança do Trabalho

Zelar pela saúde do trabalhador é da função do Engenheiro da Segurança do Trabalho. Logo, o perito pode trabalhar nos laudos de acidentes, áreas de risco, exposição aos perigos, além de assuntos a Equipamentos de Proteção individual e etc.

Dependendo de sua especialidade e experiência, você pode focar seus estudos para que você faça os laudos e auxilie na solução de problemas.

Competências

Além de ter experiência e sólidos conhecimentos na área requerida, o engenheiro precisa ter uma boa interpretação da área jurídica, bom português e ser claro com os laudos e pareceres, a fim de auxiliar na resolução dos conflitos que o engenheiro foi submetido a deslindar.

O perito tem que resolver e descobrir falhas nos projetos, problemas ligados à qualidade da matéria prima ou falha na execução do trabalho.

Mercado Imobiliário

Esta é uma das principais áreas a ser explorada pela engenharia. Anterior à construção de um prédio, por exemplo, é de função do perito avaliar as casas vizinhas e situação dos imóveis para sabe se, depois da obra já executada, houve algum dano a elas.

O perito também é chamado na hora de compra e venda de um imóvel para saber o valor real da construção, analisando sua localização, estado, instalações etc.

Por que a perícia na engenharia pode ser a melhor área para ser explorada no Brasil?

Você realmente reconhece a importância de definir onde vai focar seus esforços para ter uma carreira ou empresa de sucesso?

A profissão do perito judicial ou da assistente técnico (que pode ser exercida tanto para pessoas físicas como para empresas), trouxe um mundo de área do conhecimento para dentro dos processos judiciais.

Partindo-se da premissa que a função do perito é de auxiliar o juiz da descoberta ou construção da verdade, profissionais de diversas ciências podem atuar como peritos ou assistentes. SAIBA MAIS!

Conhecendo o Poder Judiciário

É um dos três Poderes do Estado brasileiro (tripartição do Estado) com suas funções específicas constitucionalmente definidas. A função dos órgãos que compõem o Poder Judiciário é dizer quem tem o direito, ou seja, é aplicar a lei nos casos concretos, assegurando a soberania da justiça e a realização dos direitos individuais nas relações sociais.

A estrutura do Poder Judiciário é baseada na hierarquia dos órgãos que o compõem, formando assim as instâncias.

A primeira instância corresponde ao órgão que irá primeiramente analisar e julgar a ação apresentada ao Poder Judiciário.

As demais instâncias apreciam as decisões proferidas pela instância inferior a ela, e sempre o fazem em órgãos colegiados, ou seja, por um grupo de juízes que participam do julgamento. SAIBA MAIS!

Sobre o Curso IAPA Peritos

O curso de Formação de Peritos Judiciais é voltado aos profissionais de todas as áreas de atuação. Tem por objetivo a orientação ao profissional, de como se tornar um Perito Judicial para atuação nos Tribunais de Justiça, abrangendo:

– Orientar o Profissional para atuar como perito judicial nos Tribunais de Justiça;

– Informar os procedimentos legais de como se tornar um perito judicial;

– Como fazer parte das Varas dos Tribunais de Justiça;

– Como atuar como perito assistente judicial;

– Elaboração de laudos periciais.

Em que instância atuam os peritos?

Um perito sempre será nomeado por um juiz de primeira instância, e sempre na esfera judicial, é importante saber disso, nas demais instâncias não existe uma prova pericial os ministros e desembargadores fazem as análises dos laudos já juntados ao processo e dão seu parecer.

    1 Response to "A Perícia na Engenharia"

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.